Mestrado

Afonso, José António Moutinho de Abreu (2000). Representações do masculino e do feminino: estudo das representações do género nos homens e nas mulheres de duas gerações não contíguas; Psicopatologia e Psicologia Clínica; Instituto Superior de Psicologia Aplicada.

Afonso, Rita Beatriz Barão (2019). “As Marcas de Uma Vida: Vítimas de Violência Doméstica” A Intervenção dos Técnicos Perante as Vítimas que Constroem Novos Projetos de Vida no Gabinete de Apoio à Vítima de Faro; Sociologia; Faculdade de Economia da Universidade do Algarve; orient.: Vanessa Sofia Duarte Alcântara de Sousa.

Aguiar, Laura Maciel (2018). Desigualdades de género no acesso aos lugares de liderança nas empresas portuguesas: um estudo de caso; Sociologia; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Ana Lúcia Teixeira.

Aguiar, Maria Alberta Fernandes Pacheco (1999). A grávida vítima de violência: uma perspectiva de saúde mental sobre a violência doméstica; Psiquiatria e Saúde Mental; Universidade do Porto.

Almeida, Ana Cristina Dias de (2008). Violência doméstica: que políticas?: O impacto das políticas sociais no combate à violência doméstica no Concelho de Montemor-o-Velho; Sociologia; Faculdade de Economia – UC; orient.: Pedro Hespanha.

Almeida, Ana Cristina Marques de (2014). Violência doméstica: há quem aceite?; Psicologia Forense e da Exclusão Social; Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias; orient.: Carlos Poiares.

Almeida, Pedro Jorge Barreira Loureiro de (2014). Infrahumanização, responsabilidade percecionada e reconhecimento de violência doméstica em função do grupo de pertença, estereótipos associados à vítima e género dos participantes; Psicologia Social e das Organizações; Universidade do Algarve; orient.: Jean-Christophe Giger.

Alves, Maria Gabriela Feio Bacelar (1999). Violência e educação: da razão filosófica à razão pedagógica; Filosofia da Educação; Universidade do Porto.

Amado, Roberto Marinho (2014). Os serviços de educação e responsabilização para homens autores de violência contra as mulheres: uma análise de quadros interpretativos, modelos de intervenção e atores; Sociologia; Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra; orient.: Vírginia Ferreira;

Amado, Maria Carolina de Castro (2016). Representações e vivências de mulheres solteiras sem filhos: o Estigma da solteirona na sociedade portuguesa; Sociologia; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Pedro e Vasconcelos e Coito.

Amado, Roberto Marinho (2014). Os serviços de educação e responsabilização para homens autores de violência contra as mulheres : uma análise de quadros interpretativos, modelos de intervenção e atores; Sociologia; Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra; orient.: Vírginia Ferreira.

Amaral, Patrícia Neves (2007). Respostas à violência escolar: uma perspectiva sociológica; Educação e Sociedade; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: António Firmino da Costa, João Sebastião.

Anica, Aurízia Félix Sousa (1993). A transformação da violência no Séc. XIX: o caso da comarca de Tavira; Sociologia; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL.

Antunes, Adelino (2005). Do bando para as margens: contributos para o estudo do sistema “criança-rua” e da sua relação com a delinquência juvenil: perspectivas para uma intervenção inclusiva; Sociologia; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Manuel Lisboa.

Antunes, Ana Beatriz Martins (2018). Cultura organizacional e identidades profissional e de género das mulheres da Guarda Nacional Republicana; Sociologia; Universidade do Minho; orient.: Ana Maria Brandão.

Antunes, Maria Joana Veloso (2008). A violência nas relações afectivas ocasionais; Psicologia; Instituto de Educação e Psicologia – UM; orient.: Carla Machado.

Araújo, Cristina Manuela Mendes de (1996). Violência sexual e famílias disfuncionais no cinema americano contemporâneo; Língua e Literatura Inglesas; Universidade do Minho; orient.: Anthony Barker.

Azeiteiro, Ana Cristina Novo (2007). Violência na conjugalidade: narrativas de vítimas e de agressores: das redundâncias às singularidades; Psicologia; Instituto de Educação e Psicologia – UM; orient.: Rui Abrunhosa Gonçalves, Isabel Alberto.

Azevedo, Jéssica da Costa (2017). A Lei da Paridade numa perspetiva de género: perspetivas das deputadas dos grandes partidos politicos; Psicologia Social e das Organizações; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Lígia Amâncio, Maria Helena Santos.

Baptista, Virgínia do Rosário (1998). As mulheres no mercado de trabalho em Portugal: representações e quotidianos, 1890-1940; História Social Contemporânea; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL.

Barbosa, Maria Cristina Pereira (1996). Um dia de violência na televisão portuguesa: a lógica da violência no plano social e no plano mediático; Sociologia da Comunicação, Cultura e Tecnologias da Informação; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL.

Barbosa, Helena Isabel Barbosa (2002). Pobreza e exclusão social: os destinatários do RMG em Vieira do Minho; Sociologia; Universidade do Minho.

Barroso , Zélia (2005). Violência de género nas relações amorosas: uma análise sociológica dos casos detectados nos Institutos de Medicina Legal de Coimbra e do Porto; Sociologia; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Manuel Lisboa.

Batista, Soraia Alexandra Couceiro (2015). Coimbra Cidade Amiga das Pessoas Idosas: um estudo sobre a qualidade de vida numa perspectiva de género; Psicologia Clínica; Instituto Superior Miguel Torga; orient.: Fernanda da Conceição Bento Daniel.

Bazzo, Mariana Seifert (2018). Violência de gênero contra a mulher no Brasil e atuação do sistema de justiça : análise de julgados no período 2006-2017; Estudos Sobre as Mulheres; Universidade Aberta; orient.: Teresa Joaquim, Eliezer Gomes da Silva.

Bernardes, Naldo Manuel da Silva (2014). Bullying em contexto escolar: do diagnóstico à prevenção; Sociologia; Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra; orient.: José Manuel Mendes.

Branco, Maria de la Salete Esteves Calvinho (2007). Violência conjugal contra a mulher; Ciências Sociais; Universidade Aberta; orient.: Natália Ramos.

Branco, Ricardo Joaquim (2017). Transpor o Género: representação do corpo trans como um outro no cinema; Ciências da Comunicação; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Maria Irene Aparício.

Caetano, Sílvia Cristina de Oliveira (2005). Representações de género e de etnia: estudo realizado em manuais escolares de educação física do 3o ciclo do ensino básico; Ciências do Desporto; Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física – UP; orient.: Paula Botelho Gomes.

Calado, Zélia Martins (2008). Mulheres sós: um estudo de caso na Vila de Alhos Vedros; Estudo sobre as Mulheres; Universidade Aberta; orient.: Teresa Joaquim.

Câmara Marín, Susana (2014). Análisis de la cultura de género en el ámbito educativo; Estudos Sobre as Mulheres. As Mulheres na Sociedade e na Cultura; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Zília Osório de Castro.

Campos, Maria João Machado (2016). Violência doméstica contra homens: discursos e perceções das forças de segurança; Psicologia Aplicada; Universidade do Minho; orient.: Marlene Matos.

Canelas, Maria Paula Pelúcia (2008). Violência doméstica contra as mulheres / relação entre os valores dos profissionais de saúde e a motivação para fazer uma abordagem diferenciada às vítimas; Psicologia; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – U. Algarve; orient.: Maria Cristina Sousa Faria.

Cansado, Teresa (2005). Violência conjugal: uma visão sociológica; Sociologia; Universidade de Évora; orient.: Eduardo Jorge Esperança.

Carlos, Beatriz Nunes (2019). A educação para a (des)igualdade de género: o papel da educação na (re)produção dos estereótipos de género; Estudos Sobre as Mulheres. As Mulheres na Sociedade e na Cultura; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Ana Lúcia Teixeira.

Carmo, Isabel Maria Nobre do (2008). O impacto da prisão na conjugalidade; Sociologia; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Anália Cardoso Torres.

Carvalho, Ana Filipa Dias de (2008). O estilo de vinculação em mulheres vítimas de violência conjugal; Psicologia; Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação – UNL; orient.: Maria Helena dos Santos Afonso.

Carvalho, Cristiana Sequeira (2014).Desigualdades de acesso e de mobilidade em meio rural; Sociologia: Exclusões e Políticas Sociais; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade da Beira Interior; orient.: Catarina Sales Barbas de Oliveira.

Carvalho, Gisela Filipa Pereira de (2016). Homens vítimas de violência doméstica e homicídio conjugal: perceções das polícias; Psicologia Aplicada; Universidade do Minho; orient.: Marlene Matos.

Carvalho, Susana Valente de (2005). A vida fechada à chave: o abuso sexual intra-familiar em adolescentes; Sexologia; Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias; orient.: Francisco Esteves.

Casa-Nova, Maria José (1999). Etnicidade, género e escolaridade: estudo preliminar em torno da socialização do género feminino numa comunidade cigana de um bairro periférico da cidade do Porto; Ciências da Educação; Universidade do Porto.

Casimiro, Alcino José Martins da Silva (2005). Mulheres em liberdade condicional: biografias de tráfico ou o lugar do tráfico nas biografias?; Criminologia; Faculdade de Direito – UP; orient.: Manuela Ivone Cunha.

Castro, Maria Clara Rodrigues de Morais (2017). A articulação trabalho-família em casais que trabalham na mesma empresa: uma análise de género; Sociologia; Universidade do Minho; orient.: Clara Maria Faria Simães Mendes, Jean Martin Marie Rabot.

Cavadas, Margarida Gonçalves (2018). Development of ambivalent sexism and gender stereotypes among children and adolescents: effects on behavioral intention to stereotypic task divison; Psicologia Social e das Organizações; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Ricardo Borges Rodrigues, Leonor Pereira da Costa.

Cichowsky, Seraphina Ganja Rosa (2015). Perceções acerca da violência contra pessoas idosas: a perspetiva do idoso; Sociologia; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Maria do Rosário Múrias Bessone Mauritti, José de São José.

Coelho, Joana Maria Botelho Lucas (2016). Mulheres refugiadas em Portugal; Antropologia; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Maria Cristina Santinho.

Correia, Manuel Jorge Santos (2013). Género e reatividade na negociação; Psicologia Social e das Organizações; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Eduardo Simões.

Correia, Rafaela Braga Botelho (2016). Mudanças ocorridas na abordagem da violência Doméstica Contra as Mulheres: Papel da Formação dos Profissionais; Psicologia; ISPA-Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida; orient.: José H. Ornelas.

Correia, Sónia Bernardo (2017). Relações de género em contexto de trabalho criativo: representações e práticas sociais; Sociologia; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Maria das Dores Horta Guerreiro, Nuno Alexandre de Almeida Alves.

Costa, Cláudia Casimiro (1998). Representações sociais da violência conjugal; Ciências Sociais; Instituto de Ciências Sociais – UL; orient.: Ana Nunes de Almeida.

Costa, Dália Maria de Sousa Gonçalves da (2002). Percepção social de mulher vitima de violência conjugal: estudo exploratório no concelho de Lisboa.; Sociologia; Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – UTL; orient.: Óscar Soares Barata.

Costa, Rita Rodrigues Noronha da (2001). Habilitações escolares e percursos de pobreza nos bairros degradados de Lisboa; Ciências da Educação; Faculdade de Ciências e Tecnologia – UNL; orient.: Joaquim Coelho Rosa.

Costa, Célia Rosa Batista (2007). O Conselho Nacional das Mulheres Portuguesas (1914-1947): uma organização feminista; Estudos sobre as mulheres; Universidade Aberta; orient.: Anne Cova.

Cruz, Maria João Salvador da (2015). A ação e os valores éticos numa perspetiva de género: propostas para o ensino-aprendizagem do programa de Filosofia do 10º ano; Estudos sobre as Mulheres; Universidade Aberta; orient.: Teresa Pinto, Teresa Joaquim.

Cunha, Frederica Abreu de Paulo e (2014). As mudanças sociais ocorridas em Portugal na área da violência doméstica, ao longo dos últimos 20 anos : Uma perspetiva das sobreviventes; Psicologia; ISPA – Instituto Universitário; orient.: José H. Ornelas.

D’Oliveira, Andreia Patrícia Neto Aires (2008). Estudo exploratório sobre relação entre orientação de papéis de género, satisfação de vida e lokus de controlo de saúde; Psicologia; Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação – UL; orient.: Maria Eugénia Duarte Silva.

Delgado, Catarina Alexandra Pinto Costa (2016). Dinâmicas de género na Polícia Judiciária: análise em contexto maioria e minoria; Psicologia das Relações Interculturais; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Maria Helena Santos.

Dias, Ana Rita Conde (2006). Discursos culturais e violência conjugal : o olhar dos media sobre a mulher, as relações de género e a violência; Psicologia; Instituto de Educação e Psicologia – UM; orient.: Carla Machado.

Dias, Inês Veríssimo (2018). A lente da desigualdade de género no trabalho : a relação entre o compromisso afetivo e o bem-estar psicológico, em mulheres com funções de chefia e funções operacionais; Psicologia; Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa; orient.: Maria José Chambel.

Dias, Rita Sofia Vicente (2015). As mudanças ocorridas nos últimos anos na violência doméstica contras as mulheres : A formação, o sentimento de preparação e as opiniões dos profissionais na resposta às mulheres sobreviventes; Psicologia; ISPA-Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida; orient.: José H. Ornelas.

Diogo, Fernando Jorge Afonso (1995). Os pobres face à exclusão: análise de um bairro social em Ponta Delgada; Sociologia Aprofundada e Realidade Portuguesa; Universidade Nova de Lisboa.

Esteves, Saturlino (2018). Empoderamento sócioeconómico, cultural e político das mulheres timorenses no desenvolvimento nacional; Sociologia; Universidade de Évora; orient.: António Pedro Sousa Marques.

Faria, Bárbara Cristina Pontes Fernandes (2019). Violência doméstica e tipos de crenças legitimadoras; Psicologia Forense; Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias; orient.: Laura Alho.

Feijão, João António Monteiro (2013). Percursos escolares genderizados: discursos sobre a escolha de colégios com educação diferenciada por género; Sociologia; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Sérgio Grácio.

Fernandes, Felicidade Cândida Pinto (2002). A mulher vítima de violência conjugal; Psiquiatria e Saúde Mental; Universidade do Porto.

Ferrão, Maria Clara Teodoro (2013). Perceção social da violação: o efeito do tamanho dos olhos, da categorização da mulher em subtipos e do género do observador; Psicologia Social e das Organizações; Universidade do Algarve; orient.: Gabriela Gonçalves.

Ferreira, Ana Maria das Neves Valentim Monteiro (1998). Desigualdades de género no actual sistema educativo português: sua influência no mercado de emprego; Estudos sobre as mulheres; Universidade Aberta.

Ferreira, Edite Paula Toste Coelho Pinto (2018). As crianças e o Bullying: A relação do estatuto socioprofissional dos pais e a diferença entre géneros; Psicologia; Universidade Autónoma de Lisboa Luís de Camões; orient.: Ana Maria das Dores Pires Gomes.

Ferreira, Inês Margarida Aguiar (2017). Dinâmicas familiares em casais do mesmo sexo e sexo diferente: distribuição das tarefas domésticas; Psicologia Comunitária, Proteção de Crianças e Jovens em Risco; ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa; orient.: Carla Marina Madureira de Matos Moleiro, Susana Maria de Oliveira e Mota Tavares.

Ferreira, Maria Elisabete da Costa (2003). Da intervenção do Estado na questão da violência conjugal em Portugal; Ciências Jurídico-Civilísticas; Faculdade de Direito – UCP; orient.: Heirich Ewald Hörster.

Fialho, Joaquim Manuel Rocha (2003). Pobreza e exclusão social: os destinatários do RMG em Vieira do Minho; Recursos Humanos e Desenvolvimento Sustentável; Universidade de Évora.

Figueiredo, Graziella Moretto (2018). Mulheres Representando Mulheres: Sobre ser mulher e ser atriz; Antropologia; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Catarina Alves Costa, Manuel Lisboa.

Figueiredo, Marisa Sofia Vitorino de (2011). Visibilidades femininas na polis europeia – influência e identidade de género na tomada de decisão das eurodeputadas e eurodeputados portugueses; Estudos Sobre as Mulheres – As Mulheres na Sociedade e na Cultura; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL.

Fonseca, António Pedro Vital da (2019). Deambulações Nocturnas – Contributos para uma sociologia do striptease; Sociologia; ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa; orient.: Pedro e Vasconcelos Coito.

Fonseca, Irene Maria Ferreira da (2004). Contribuição para o estudo da influência das novas políticas sociais na formação e inserção sócio-profissional das mulheres, no concelho de Santa Marta de Penaguião; Estudo sobre as Mulheres; Universidade Aberta; orient.: Maria das Dores Guerreiro.

Francisco, Maria Do Rosário De Abreu Pereira Belo (2019). A “Loucura” das Mulheres como Factor de Exclusão Social; Estudos Sobre as Mulheres. As Mulheres na Sociedade e na Cultura; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Zília Osório de Castro.

Frazoa, Ana Sofia dos Santos Velez (2012). O Amor e o Género: homens e mulheres amam de maneira diferente?; Estudos Sobre as Mulheres; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Manuel Gaspar da Silva Lisboa.

Frei, Susana Raquel Gonçalves (2013). Quando a cidadania é “aprisionada”: violência sobre idosos em contexto institucional; Soicologia: Exclusões e Políticas Sociais; Universidade da Beira Interior; orient.: Maria João Leitão Simões Areias Pereira.

Freire, Paula Filipa Moura (2017). Atleta: substantivo feminino; Sociologia; Universidade do Minho; orient.: Ana Maria Brandão.

Freitas, Ana Filipa Teixeira Nunes de (2018). Percursos e significados dos/as psicólogos/as sobre a intervenção feminista em mulheres vítimas de violência; Psicologia;Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto; orient.: Maria da Conceição de Oliveira Carvalho Nogueira.

Freitas, Carmina Patrícia Flores (2015). A submissão associada à violência no namoro: um contributo para a promoção de competências sociais e emocionais; Psicologia da Educação; Universidade dos Açores; orient.: Célia Maria de Oliveira Barreto Coimbra Carvalho, Suzana Nunes Caldeira.

Frias, Maria da Graça (2002). A construção Social do sentimento de insegurança em Portugal na actualidade; Sociologia; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Nelson Lourenço, Manuel Lisboa.

Frutuoso, Maria Margarida Eirô (2005). Violência familiar: um estudo qualitativo dos crimes contra familiares; Criminologia; Faculdade de Direito – UP; orient.: Cristina Queirós.

Gerardo, Maria Leonor dos Santos (2014).Violência doméstica contra as mulheres : Duas histórias de vida narradas no feminino; Psicologia; ISPA-Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida; orient.: Maria Antónia Trigueiros de Castro Carreiras.

Godinho, Filipa Alexandra Torgal (2019). As ´princesas´ e os ´campeões´: Processos de imposição e aprendizagem de género numa sala de jardim de infância; Sociologia;  ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa; orient.: Pedro e Vasconcelos Coito.

Gonçalves , Carlos Eduardo Aparício (2017). O Corpo e género; Psicologia; ISPA-Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida; orient.: Ângela Vila Real Fernandes Costa.

Gonçalves, Catarina Lacueva (2019). Mulheres, Crianças e Jovens Perante a Violência e os Maus-Tratos; Psicologia Clínica e de Aconselhamento; Universidade Autónoma de Lisboa Luís de Camões; orient.: Rute Brites.

Gonçalves, Inês Santos Estevinho Fronteira (2002). Prevalência de vítimas de violência física e psicológica (nas suas diferentes formas) nos trabalhadores de um hospital distrital; Saúde Pública; Universidade Nova de Lisboa.

Gonçalves, Mariana Santos Martins (2015). Identidades em performance: para a memória de uma cinematografia queer da produtora portuguesa Cineground (1975-78); Antropologia; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Paulo Jorge Pinto Raposo.

Gonzalez, Sara Alexandra Calado (2018). Da Clandestinidade para a Liberdade: histórias de vida de mulheres comunistas; Sociologia; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Nuno Dias.

Guerreiro, Ana Afonso (2011). Aceitação dos mitos da violência doméstica e as variáveis preditoras; Psicologia Clínica e Saúde; Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da Universidade do Algarve; orient.: Gabriela Maria Ramos Gonçalves.

Ibraimo, Daniel Parsotamo (2004). O papel das instituições particulares de solidariedade social no actual contexto socieconómico; Sociologia Económica e das Organizações; Instituto Superior de Economia e Gestão – UTL; orient.: José Maria Carvalho Ferreira.

Inocentes, Armando (2002). A violência na prática desportiva infanto-juvenil: percepções e atitudes do corpo docente de educação física perante comportamentos de violência em alunos nas escolas dos 2º e 3º ciclos do ensino básico; Gestão da Formação Desportiva; Universidade Técnica de Lisboa.

Jordão, Maria Albertina Alves (2003). Elites discriminadas da democracia local: representação política das mulheres nas autarquias da grande Lisboa – uma evolução inexpressiva; Estudos Sobre as Mulheres; Universidade Aberta; orient.: Conceição Nogueira.

Lameira, Ana Rita Antunes (2019). Jovens finalistas universitários/as, mercado de trabalho e vida familiar: valores e expectativas face ao futuro; Sociologia das Organizações e do Trabalho; Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – UL; orient.: Paula Campos Pinto.

Leal, Maria Hermínia Pinto Costa da Cunha (2000). História pessoal de crianças vitimadas; Medicina Escolar; Faculdade de Medicina – UL; orient.: João Gomes Pedro.

Leandro, Maria Alexandra Gomes M. (2006). A 1ª escola de alistados femininos da P.S.P.: género, poder, identidade; Antropologia; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Graça Índias Cordeiro.

Lemos, Laíla Albuquerque (2018). Processos de resiliência e género: narrativas auto-biográficas de mulheres no contexto de migrações forçadas em Portugal; Psicologia das Relações Interculturais; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Carla Marina Madureira de Matos Moleiro, Sandra Gaspar Roberto.

Leonardo, José Manuel C. B. Pires (2004). As violências nas escolas; Sociologia; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Nelson Lourenço, Manuel Lisboa.

Lima, Diana Filipa Fernandes (2017). A relação entre estereótipos de género e decisão vocacional nos alunos do 12º ano de escolaridade; Psicologia da Educação; Universidade Católica Portuguesa; orient.: Ângela Maria Pereira e Sá Azevedo.

Lopes, André Francisco Moura (2015). A satisfação no trabalho e o conflito trabalho-família: o papel moderador da variável género; Psicologia; Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa; orient.:  Maria do Rosário Moreira Lima.

Lopes, Jackeline Rozeno (2017).A invisibilidade da mulher em situação de sem-abrigo: A neutralidade das políticas e respostas sociais sobre a integração da perspectiva transversal de gênero em Portugal; Sociologia; Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra; orient.: Pedro Manuel Teixeira Botelho Hespanha.

Lopes, Nuno Rafael da Costa (2015). Violência Doméstica e Meios de Controlo à Distância; Sociologia: Exclusões e Políticas Sociais; Universidade da Beira Interior; orient.: Catarina Sales Barbas de Oliveira.

Lopes, Rita Antunes Monteiro (2006). Representação da violência quotidiana e do crime nos media regionais; Ciências da Comunicação; Universidade da Beira Interior; orient.: João Carlos Correia.

Lopes, Henrique Augusto Dias (1996). Poder e violência em Proença-a-Nova de 1710 a 1750: um itinerário do quotidiano através das correições e querelas; História Moderna; Universidade de Coimbra.

Lopes, Flávia Marina Capa de Brito (2016). Violência doméstica contra homens: perceções das forças de segurança; Psicologia; Universidade do Minho; orient.: Marlene Matos.

Maciel, Diana (2008). Género e poder local; Sociologia; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Anália Torres.

Madeira, Ana Filipa (2007). Representações Sociais da Violência Doméstica em Meio Prisional; Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação de Coimbra; Universidade de Coimbra; orient.: Graça Bidarra.

Maria, Susana Gabriela da Silva (2001). Mulheres sobreviventes de violação; Estudos sobre as Mulheres; Universidade Aberta.

Marinho, Liliana Patrícia Pinto Rodrigues (2006). O atendimento policial à mulher vítima de violência conjugal: estudo no comando metropolitano da polícia de segurança pública do Porto; Ciências Forenses; Universidade do Porto; orient.: Teresa Maria Salgado de Magalhães.

Marques, Ana Teresa Correia e Silva de Oliveira (2018). Capazes.pt: Pertinência e eficácia desta plataforma na comunicação com a sociedade civil, sobre o Feminismo, a Igualdade de Género, e a Defesa dos Direitos das Mulheres; Ciências da Comunicação; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Maria Lucília Marcos.

Martins, Caroline Casal (2014). Processo de tomada de decisão de separação conjugal; Psicologia; Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa; orient.: Maria Helena dos Santos Afonso.

Martins, Elisabete Sofia Almeida (2014). Um retrato a duas cores: diagnóstico municipal na perspetiva da igualdade de género da Figueira da Foz; Sociologia; Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra; orient.: Virgínia Ferreira.

Martins, Débora da Conceição Cardoso (2016). As questões de género nos materiais pedagógico-didáticos ao serviço do ensino de História e Geografia; Ensino de História e Geografia no 3.º Ciclo do Ensino Básico e Secundário; Universidade dos Açores; orient.: Maria da Graça Borges Castanho, Maria Margarida de Sá Nogueira Lalanda Gonçalves.,

Martins, Laura Azevedo (2019). Exposição à violência doméstica na infância: impacto(s) na saúde mental e comportamento desviante no início da idade adulta; Psicologia Clínica; ISPA – Instituto Universitário; orient.: Miguel Basto Pereira.

Martins, Marta Sofia da Silva (2014). Experiências de conjugalidade em idade tardia: fatores motivacionais assumidos; Sociologia; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Sofia Aboim.

Matias, Daniel Filipe Mendes (2010). Linhas Imaginárias: Questões e Representações de Masculinidades em Equador; Estudos sobre as mulheres; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Manuel Lisboa.

Matos, Ana Maria Pinto de (1995). Sexualidade psicossexualidade e agressão sexual: contributo para o estudo do modo de funcionamento mental de agressores sexuais – violadores; Psicologia; Universidade de Coimbra.

Matos, Marlene Alexandra Veloso de (2000). Violência conjugal: o processo de construção de identidade da mulher; Psicologia; Universidade do Minho.

Maurício, Maria José Barradas (2003). Mulheres e cidadania: alguns perfis e acção política; Estudos sobre as Mulheres; Universidade Aberta; orient.: Anne Cova.

Mendes, Fábio João Simões (2018). Amor Feroz – uma avaliação social e demográfica da violência doméstica contra a mulher em Portugal;  Antropologia Médica e Saúde Global; Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra; orient.: Filipa da Mota Alvim de CarvalhoMaria Manuela Pratas Alvarez

Mendes, Maria Teresa F. Villar Paes (2005). Comunicação empática e paridade de género, suportes de uma experiência de co-educação: uma pré-escolaridade co-construída transborda para a família; Estudo sobre as Mulheres; Universidade Aberta; orient.: Maria Emília Nabuco.

Moisés, Inácia Maria Cabrita Navalhas (2000). O rendimento mínimo garantido no combate à pobreza e exclusão social: estudo efectuado nos Bairros Ribeira da Falagueira e Fonte dos Passarinhos na cidade da Amadora; Relações Interculturais; Universidade Aberta.

Monteiro, Catarina Carreiro Garcia (2018). Vítimas do “sexo forte” e agressoras do “sexo fraco”: relação entre as representações sociais do abuso sexual de crianças e jovens e as representações sociais de género numa amostra de estudantes profissionais; Psicologia Comunitária, Proteção de Crianças e Jovens em Risco; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Carla Moleiro.

Monteiro, Eurídice Furtado (2007). Mulheres, democracia e desafios pós-coloniais: uma análise da participação política; Sociologia; Faculdade de Economia – UC; orient.: Boaventura Sousa Santos, Maria Paula Meneses.

Monteiro, Fátima Jorge (2000). Mulheres agredidas pelos maridos: de vítimas a sobreviventes; Estudos sobre as mulheres; Universidade Aberta.

Moreira, Sara Gabriela Martins (2013). Intimidades masculinas: representações da intimidade; Sociologia; Universidade do Minho; orient.: Ana Maria Brandão.

Mota, Mónica Isabel Vieira (2015). Representações da mulher em telenovelas de língua portuguesa; Ciências da Comunicação; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.:Adriano Duarte Rodrigues.

Moura, Helena Rega (1998). A expressão violenta da sexualidade: contributo para o estudo dos agressores sexuais; Psicologia; Universidade de Coimbra.

Narciso, Vanda Margarida de Jesus dos Santos (2013). Mulheres e terra: faz a matrilineariedade diferença? Uma leitura da situação no distrito de Bobonaro em Timor- Leste; Estudos sobre as Mulheres, As Mulheres na Sociedade e na Cultura; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.:Manuel Lisboa

Nerys, Isabela Borges (2016). Atitudes e perceções sobre a violência doméstica: uma análise comparativa entre mulheres e homens portugueses e brasileiros a viver em Portugal; Psicologia Social e das Organizações; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Joana Alexandre.

Neto, Atahualpa Fernandes (1992). Causas de exclusão do direito ao divórcio fundado em violação culposa dos deveres conjugais: contribuição para o estudo do perdão do cônjuge ofendido; Ciências Jurídico-Civilísticas; Universidade de Coimbra.

Novais, Ana Carolina Oliveira Castro Freitas (2019). “Se ele estivesse de cor-de-rosa virava uma menina”. A construção do género em contexto pré-escolar; Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra; orient.:  Sílvia Margarida Violante Portugal Correia.

Nuñez, Carlos Ariel Escudero (2019). Género e Toxicodependencia. Análisis de la Utilización femenina de Drogas en la Posdescriminalización; Sociologia; Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – UL; orient.: Maria da Luz Ramos.

Nunes, Luís Romano (2016). Metamorfoses: identidades e papéis de género. Um estudo com Transhomens; Psicologia; Universidade de Évora; orient.: Madalena Melo.

Nunes, Maria Amália Simões Ferreira Marques da Silva (2007). Auto-percepção da saúde das mulheres: a influência de factores sociais e familiares; Sociologia; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Maria das Dores Guerreiro.

Olim, Lourença Freitas dos Santos Vieira de (2016). A violência nas relações de intimidade conjugal em Angola: pensar e agir das vítimas face à violência; Psicologia Comunitária e Protecção de Menores; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Lígia Maria Santos Monteiro, Tânia Boavida.

Oliveira, Ana Rita Cardoso de (2016). Violência doméstica: a presença de traços psicopáticos em agressores condenados; Psicologia Forense e da Exclusão Social; Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias; orient.: Pedro Pechorro.

Oliveira, Catarina Monteiro de (2019) A experiência de estigma em jovens em conflito com a desigualdade de género; Psicologia; Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa; orient.: Alexandra Manuela Paiva Carneiro.

Oliveira, Juliana Paliologo Prima de (2019). Por um cinema de resistência: gênero, sexualidade e subjetividade; Ciências da Comunicação; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Maria Irene Aparício.

Oliveira, Sandra Fernandes de (2018). Medição de impacto social de um projeto de promoção de igualdade e prevenção da violência de género e doméstica; Psicologia; Universidade do Porto; orient.: Rui Nuno Guedes Serôdio.

Pacheco, Mariana Baldaia Paim Vasconcelos (2014). Criminalidade adulta: fatores de risco e diferenças de género; Psicologia; Universidade do Minho; orient.: Mariana Baldaia Paim Vasconcelos Pacheco.

Pais, Elza Maria Henriques Deus (1996). Rupturas violentas da conjugalidade: os contextos do homicídio conjugal em Portugal; Sociologia; Universidade Nova de Lisboa; orient.: Nelson Lourenço.

Patrício , Joana Margarida Aguiar (2010). Violência sexual no feminino: universos temporais e contextos sociais; Estudos sobre as mulheres; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Manuel Lisboa.

Pecegueiro, Cidália Vargas (2008). Violência conjugal: representações e práticas em mulheres economicamente independentes; Sociologia; Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – UTL; orient.: Sónia Frias.

Pena, Maria João B. (1995). Violência nas relações pais-filhos adolescentes, disciplina ou mau trato?; Sociologia; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL.

Pereira, Joana Margarida Hortênsio Silva (2016). Quando o sofrimento se torna insuportável: Experiência vivida de mulheres homicidas em contexto de violência doméstica; Psicologia; ISPA – Instituto Universitário; orient.: Vitor Amorim Rodrigues.

Pereira, Maria da Conceição Lopes (2008). Mentalidade Judaico-cristã e o meio operário; Antropologia dos Movimentos Sociais; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa.

Pereira, Maria Guida Martins (2001). A escola face às culturas de pobreza e exclusão: o contributo da perspectiva intercultural; Relações Interculturais; Universidade Aberta.

Pereira, Maria de Fátima Cunha Alves (2003). Mulheres imigrantes em Portugal: percursos migratórios e feminização da pobreza; Relações Internacionais; Universidade Aberta; orient.: Armando Oliveira.

Pintéus, Diana Verónica Rodrigues (2015). Mudanças ocorridas na violência doméstica contra as mulheres: conhecimentos, opiniões e sentimento de preparação dos profissionais; Psicologia Clínica; ISPA – Instituto Universitário; orient.: José H. Ornelas.

Pinto, José Manuel da Silva (1991). Violência e prostituição; Sociologia; Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – UTL.

Pinto, Mário Rui Gomes (2001). Globalização económica versus pobreza e exclusão social: antagonismo ou complementaridade?; Economia Internacional; Universidade Técnica de Lisboa.

Pires, Inês Sofia Amarelo (2017). Autoestima, satisfação e funcionamento sexual: estudo com estudantes heterossexuais do ensino superior; Psicologia Aplicada; Universidade do Minho; orient.: Maria Peixoto.

Pisco, Márcia Lúcia Roques (2015). A vantagem da liderança no feminino: será que a perceção que as pessoas têm sobre a eficácia da liderança difere consoante o género?; Psicologia; Universidade de Évora; orient.: João Pissarra.

Quaresma, Carina (2010). Violência doméstica: da participação da ocorrência à investigação criminal; Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – UTL.

Rainho, Liliana Vieira (2008). Homicídios em Portugal, contributo para o estudo do crime violento; Sociologia; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: José Manuel Paquete de Oliveira, António Inácio.

Ramos, Patrícia Alexandra Condeço (2019). No que acreditamos e o que fazemos: a violência sexual nas relações amorosas em jovens universitários; Psicologia; Universidade de Évora; orient.: Maria de Fátima Campos Bernardo.

Rego, José da Silva (2000). Pobreza e exclusão social: a pobreza na União Europeia, abordagem crítica do contributo das teorias marxiana e neoclássica para a sua análise; Ensino da Economia; Universidade do Porto.

Ribeiro, Ana Cláudia Ferreira Ribeiro (2018). Entre a continuidade e a mudança: o processo de reconhecimento de identidade de género não binária; Psicologia Clínica; ISPA-Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida; orient.: Ângela Vila Real.

Ribeiro, Maria de Fátima da Silva Jorge (1998). Mulheres agredidas pelos maridos: de vítimas a sobreviventes; Estudos sobre as mulheres; Universidade Aberta; orient.: Teresa Joaquim.

Ribeiro, Isilda Maria Oliveira Carvalho (2002). Violência familiar contra a mulher e saúde mental; Psiquiatria e Saúde Mental; Universidade do Porto; orient.: Cristina Queirós.

Ribeiro, Ana Rosa Sales Henriques Pereira Jardim (2004). Contribuição para um estudo da violência em meio escolar: estudo de caso numa escola básica integrada com alunos do 2º e 3º ciclos; Ciências da Educação, Educação, Comunicação e Linguagem; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Maria Alcina Almeida Lajes.

Rocha, Carolina Susana Campos (2016). “Enigma da chave-fechadura” : um estudo do duplo padrão sexual em estudantes universitários do sexo masculino; Psicologia; Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa; orient.: Maria João Alvarez.

Rocha, Cláudia Costa Leite (2017). O ambiente familiar, crenças e representações sociais dos papéis de género como preditores de violência doméstica; Psicologia; Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra; orient.: Rui Alexandre Paquete Paixão.

Rodrigues, Cátia Alves de Miranda (2005). Estudo de um caso de abuso sexual à luz da fenomenologia; Psicologia; Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação – UP ; orient.: João Marques Teixeira.

Rodrigues, Cláudia Neto (2016). Estados Emocionais Negativos em Mulheres Vítimas de Violência Doméstica: sua relação com autocompaixão, autocriticismo e vergonha; Psicologia Clínica; Instituto Superior Miguel Torga; orient.: Helena Espirito-Santo.

Rodrigues, Jorge Manuel Gonçalves (1994). Abusos sexuais em crianças: abordagem do tema através dos alunos de enfermagem do 1o ano – 1o semestre; Ciências da Educação; Universidade de Lisboa.

Rodrigues, Maria Madalena D´Avelar Bordalo (2019). Viver o pós-parto como adaptação; Sociologia; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Graça Maria Gouveia da Silva Carapinheiro, Sónia Isabel Gonçalves Cardoso Pintassilgo.

Rodrigues, Miguel José Perpétuo Aleixo (2016). Inteligência emocional e atitudes face à violência psicológica no namoro em adolescentes; Psicologia Clínica e da Saúde; Universidade Portucalense Infante D. Henrique; orient.: Alexandra Maria Dantas de Castro Araújo Mendes,  Maria Cristina Queiroz da Costa Lobo Miranda.

Rodrigues, Rúben Gouveia (2013). Representação da mulher nas grandes produções de Hollywood; Sociologia; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL; orient.: Inês Pereira.

Rohde, Ana Maria Basso (2016). A Outra Dor do Parto: Género, relações de poder e violência obstétrica na assistência hospitalar ao parto; Estudos Sobre as Mulheres. As Mulheres na Sociedade e na Cultura; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Manuel Lisboa, Sónia Gaspar.

Rosa, Elzira Maria Terra Dantas Machado (1996). Situação e educação femininas na obra pedagógica de Bernardino Machado: propostas a favor da igualdade e da emancipação das mulheres; História Social Contemporânea; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL.

Sádio, Joaquina Rita Cortes (2016). Violência doméstica contra idosos: medidas de inclusão para a terceira idade; Psicologia Forense e da Exclusão Social; Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias; orient.: Carlos Alberto Poiares.

Santana, Ricardo Martins da Silva (2013); Violência doméstica em Portugal: discursos e representações sociais de deputados e governantes; Sociologia; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Manuel Lisboa.

Santos, Ana Rita Boino Silva Santana dos (2019).”Emancipação”? Uma reflexão sobre a construção da identidade pessoal e a sua relação com o género;Estudos Sobre as Mulheres. As Mulheres na Sociedade e na Cultura; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Zília Osório de Castro, Isabel Henriques de Jesus.

Santos, Anilson da Conceição (2017). Crianças vítimas de violência doméstica: efeitos da exposição direta e indireta na sintomatologia de externalização e internalização; Psicologia Clínica e da Saúde; Universidade Lusófona do Porto; orient.: Ricardo José Martins Pinto.

Santos, Bárbara Luís Mendes dos (2008). Prevenção da violência no namoro: implementação e avaliação da eficácia de um programa com adolescentes em risco; Psicologia; Instituto de Educação e Psicologia – UM; orient.: Carla Machado.

Santos, Filomena (1995). Infidelidade conjugal: classe social e género; Sociologia Família; Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa – IUL.

Santos, Lurdes Maria Lima Viegas Pires dos (2015). A igualdade de género em São Tomé e Príncipe : entre a realidade e a utopia; Estudos sobre as Mulheres; Universidade Aberta; orient.: Teresa Pinto, Teresa Joaquim.

Santos, Maria Moreira Ribeiro dos (1987). Crescer mulher entre mulheres: estudo sobre o desenvolvimento da identidade sexual de adolescentes vivendo num internato feminino; Ciências da Educação; Universidade de Aveiro.

Santos, Sandra Maria de Azevedo Pascoal Roque dos (2000). Representações sociais da violência sobre as crianças; Psicologia Social; Universidade do Porto.

Santos, Patricia Isabel Mendonça dos (2014). Desigualdades de Género no Trabalho – Uma análise dos casos apresentados à CITE; Sociologia; Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra; orient.: Virgínia Carmo Ferreira.

Santos, Paula Cristina Pereira (2008). Contextos de violência familiar: desafios ao serviço social; Serviço Social; Universidade Lusíada de Lisboa; orient.: Marina Manuela Santos Antunes.

Saraiva, Pedro Daniel Gonçalves (2017). Mulheres, Desporto, Media: Noticiabilidade e objetificação sexual do desporto feminino nos jornais desportivos em Portugal (1996-2016); Sociologia; Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra; orient.: Virgínia do Carmo Ferreira.

Segunda, Úzia Natália (2017). Violência Contra a Mulher. Procedimentos de Atendimento às Vítimas pelos Órgãos do Estado Angolano: O caso de Dundo; Estudos Sobre as Mulheres. As Mulheres na Sociedade e na Cultura; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Manuel Lisboa, Dalila Cerejo.

Serôdio, Antónia Lucinda Teles de Matos (2013). Direitos na parentabilidade: literacia, representações e práticas, numa perspetiva de género; Sociologia; Universidade de Évora; orient.:Rosalina Pisco Costa.

Serra, Maria Helena Fernandes (1998). A violência entre os jovens na escola e a percepção de apoio social; Educação; Universidade de Lisboa; orient.: Feleciano H. Veiga.

Silva, Ana Rita Morgado (2019). Futebol no Feminino: O Papel do Género em Querer Jogar à Bola; Sociologia; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Manuel Lisboa.\

Silva, Aurora (1999). Papel de género e práticas familiares; Psicologia Social; Universidade do Porto.

Silva, Carla Alexandra Ferreira da (2017). (As)simetrias de género: sucessos e barreiras em discursos profissionais; Psicologia; Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto; orient.: Sara Isabel Almeida de Magalhães.

Silva, Carla Manuela Rodrigues Monteiro Peres da (2005). A identidade relacionada com o comportamento agressivo em situação de jogo; Ciências da Educação; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Brigitte Detry Cardoso e Cunha.

Silva, Maria Fernanda Queiroga Pereira de (1999). Diferenças de género na depressão e desempenho profissional; Psiquiatria e Saúde Mental; Universidade do Porto.

Silva, Paula Cristina Carvalho da (2014). Igualdade de género nas autarquias locais: formação de mainstreaming de género: um estudo de caso; Sociologia; Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra; orient.: Virgínia Ferreira.

Silva, Rita Maria Espanha Pires Chaves Torrado da (2002). As iniciativas locais de desenvolvimento e a luta contra a exclusão social: um contributo para novas formas de acção municipal: o caso de Cascais; Planeamento Regional e Urbano; Universidade Técnica de Lisboa.

Silva, Tatiana Filipa Abreu Lopes Canas da (2013). Liderança no Feminino: A Necessidade de Novos Paradigmas nas Sociedades de Advogados Portuguesas; Estudos Sobre as Mulheres. As Mulheres na Sociedade e na Cultura; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.:  Manuel Gaspar da Silva Lisboa

Silveira, Alice Margarida (2019). Mulheres em devir. Um olhar cartográfico sobre a desterritorialização em “África Minha” e “Sob o Sol da Toscana”; Estudos Sobre as Mulheres. As Mulheres na Sociedade e na Cultura; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Zília Osório de Castro.

Silvestre, Inês Machado (2019). Identidade, corpo e género A representação das personagens transgénero no cinema; Ciências da Comunicação; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Luís Gouveia Monteiro.

Simões, Rita Joana Basílio de (2005). A violência contra as mulheres nos media: lutas de género no discurso das notícias; Comunicação e Jornalismo; Faculdade de Letras – UC; orient.: Maria João Rosa Cruz Silveirinha.

Sousa, Daniela Filipa Rebola Montijo Franco de (2006). A violência sexual contra crianças na imprensa: um estudo de caso sobre a mediatização “Casa Pia”; Ciências da Comunicação; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL; orient.: Cristina Ponte.

Tavares, Jéssica Andreia Antunes (2019). A Igualdade de Género na promoção de um mundo mais justo: o contributo da História e Geografia de Portugal na Cidadania Global; Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico e de Português e História e Geografia de Portugal no 2º Ciclo do Ensino Básico; Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Viana do Castelo; orient.: Sónia Catarina da Silva Cruz.

Tavares, Susana Pereira da Silva (2002). Agressões e exames sexuais: contributo para uma nova metodologia pericial; Medicina Legal; Faculdade de Medicina – UC; orient.: Francisco Corte-Real, Ascenção Rebelo.

Tello-Gonçalves, Ana Sofia Alves (2004). A violência doméstica contra as mulheres enquanto problema de saúde pública: as representações sociais dos profissionais de saúde portugueses face a esta questão; Saúde Pública; Faculdade de Medicina – UC; orient.: Jacques Houart.

Teófilo, Ana Patrícia Correia (2010). Com que linhas se cose o género – A importância do vestuário infantil na construção do género; Estudos sobre as mulheres; Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – UNL ; orient.: Manuel Lisboa.

Theodoro, Ellen Godoy (2016). Representações de género na publicidade televisiva; Sociologia; Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – UL; orient.: Maria João Cunha.

Vale, Filipa Andreia Araújo do (2010). O impacto da violência doméstica na parentalidade; Psicologia; Faculdade de Filosofia da Universidade Católica Portuguesa; orient.: Fabrizia Raguso.

Vasconcelos, Patrícia Alexandra da Silva (2018). Transgressões ao papel de género tradicional e violência na relação de intimidade; Psicologia Clínica e da Saúde; Universidade Lusófona do Porto; orient.: Joana Maria Barreto Ramos de Almeida Cabral.

Vaz, Alexandre (2015). Galdérias e garanhões: o duplo padrão sexual e a construção do género nas práticas discursivas dos jovens; Sociologia; Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – UL; orient.: Pedro Vasconcelos.

Vicente, Ana Raquel Oliveira (2018). Menino ou menina: um estudo sobre o género em crianças; Psicologia; ISPA-Instituto Universitário de Ciências Psicológicas, Sociais e da Vida; orient.: Ângela Vila Real Fernandes Costa.

Vicente, Jenny Andreína Gomes (2015). Violência em relações de Intimidade em casais do mesmo sexo; Psicologia Comunitária e Proteção de Menores; Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – UL; orient.: Carla Marina de Matos Moleiro.

Vieira, Adriane Ribas (2018). Refúgio e género: uma aproximação a realidade da mulher em situação de refúgio em Portugal; Sociologia; Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas – UL; orient.: Elsa Beatriz Padilla, Alejandro Goldberg.

Vitumbo, Ágata (2015). Violência doméstica em Angola; Psicologia Clínica; Instituto Universitário de Ciências da Saúde; orient.: Ernesto Paulo Brito da Fonseca.

Fonte: DGEEC, Bibliotecas universitárias, Biblioteca Nacional